quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Todo dia - David Levithan

Autor: David Levithan
Editora: Galera Record
Número de páginas: 280
ISBN: 9788501099518
Sinopse: Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.




A é uma pessoa. Uma pessoa que não tem sexo definido. Todos os dias, A acorda no corpo de uma pessoa diferente, e precisa se habituar à vida que aquela pessoa leva durante aquele dia, seja a de um drogado, uma patricinha, um nerd. E depois de 16 anos vivendo assim, A se vê tentado a sair de seu comportamento de sempre depois de passar um dia no corpo de Justin, e se encantar por sua namorada Rhiannon. Passa então a cada dia, mesmo que em um corpo diferente, procurar Rhiannon e conhecê-la e ela a ele.
O protagonista é encantador e sincero. Durante todo o livro tá pra sentir a transição de seus sentimentos: de se sentir acomodado a vontade de se libertar dessas vidas emprestadas. É incrível acompanhar essa mudança e a crescente vontade que A tem de ter uma vida própria, para que possa ficar em um só lugar e com uma só pessoa.
Mas isto não é tudo. A trama aborda outro tema, a possibilidade de que A não seja o único que viva desse jeito. Essa parte dá um outro tom ao livro, um tom mais sério e também interessante, pois acaba gerando diversos problemas e empecilhos a tentativa de uma vida normal para A e Rhiannon. Só que também tem seu lado negativo, já que deixa muita coisa mal resolvida nesse quesito e leva a crer que terá um segundo volume, o que eu achei uma pena, pois teria como tudo ser esclarecido em um volume único, ainda que com alguns números a mais de páginas.
O início do livro é um tanto quanto parado, e demorei para pegar o ritmo da leitura. Só que, mais uma vez o autor deu um show na sua narração, ainda que esse tenha sido o primeiro livro que eu tenha lido escrito inteiramente por ele. O livro está recheado de diálogos interessantes e verdadeiros, além de reflexões sobre a vida e sobre o "aproveitar o agora", além da história totalmente original, que é praticamente impossível parar de ler.

Avaliação: 4,5/5

Beijo,
Nic Kloss.

6 comentários:

  1. Oi Nic!

    Essa será uma das minhas próximas leituras e parece quase unamidade que todos gostaram do livro. Estou bem ansiosa e espero gostar muito. Gostei muito da resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser muito bom, essa ideia de A viver cada dia em um corpo diferente é muito interessante e eu fiquei curiosa para saber como o autor vai fazer esse romance entre A e Rhiannon funcionar.

    Bjs,
    Samira
    http://spoiledonbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nic, só leio comentários positivos sobre esse livro, logo sou bem curiosa quanto a ele. Esse fato de não existir um personagem de sexo definido é o que mais me instiga o desejo de ler.

    Beijos
    Caline
    mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Parece bem legal, vou procurar ler.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  5. Morro de vontade de ler esse livro, adoro a proposta central dele, é original, como você disse. A capa é linda e o conteúdo é bom, não falta mais nada para eu ler, só ter ele aqui.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adoro bons diálogos! Eu comprei esse livro no mês passado e estou louca para que a loucura dos vestibulares terminem para eu poder ler!

    ResponderExcluir